Com a Presidenta, pela democracia!

Dezenas de vídeos gravados por historiadores de todo o Brasil, com mensagens à Presidenta Dilma Rousseff e em defesa da democracia, estão disponíveis no grupo do facebook Historiadores pela Democracia. Alguns dos mais experientes profissionais do nosso ofício, professores universitários e jovens profissionais do ensino reunidos em uma verdadeira aula de história. Nós disponibilizamos os vídeos também aqui no blog. Os depoimentos são emocionantes e esclarecedores.

Aproveitamos também para divulgar o Encontro de Historiadores Pela Democracia com a Presidenta Dilma Rousseff que ocorrerá no próximo dia 7 de junho no Palácio da Alvorada, agendado para às 15 horas, organizado por iniciativa do BLOG, sob a coordenação de Hebe Mattos, Ana Flávia Magalhães Pinto, Beatriz Mamigonian (UFSC) e Tiago Gil (UNB). Cerca de 50 historiadores de todo o país,  entre eles a Vice-Presidente da Associação Nacional de História, Lucília de Almeida Neves, e James Green, brasilianista da Universidade de Brown, nos Estados Unidos, se encontrarão com a Presidenta e lhe entregarão um vídeo/síntese do conjunto de depoimentos.

Pela manhã, no mesmo dia, convidamos a todos que estiverem em Brasília, para um debate sobre história e democracia com os participantes do encontro, a partir das 10 horas, no auditório da Biblioteca Central da UNB (Universidade de Brasília). Divulgaremos em breve, aqui no blog, a programação detalhada do evento, com a lista completa dos participantes.

Historiadores pela Democracia (clique no nome para ver o vídeo)

MANIFESTAÇÃO DA ANPUH NACIONAL CONTRA VOTAÇÃO DO IMPEACHMENT NA CÂMARA DOS DEPUTADOS

Leitura da moção da LASA repudiando o processo anti-democrático em curso no Brasil, LASA,  Latin American Studies Association, Nova York, 2016

James Green/  Brown University   e Leitura da moção da LASA repudiando o processo anti-democrático em curso no Brasil, LASA,  Latin American Studies Association, Nova York, 2016.

Laura de Mello e Souza/ Cátedra de História do Brasil/ Université Sorbonne_Paris IV

Sidney Chalhoub/ (por e-mail)/ Querida Presidenta Dilma, O Brasil não inventou o golpe “legal”, mas em nosso país a farsa é mais profunda e descarada. Um legislativo venal e um judiciário partidarizado insistem em cassar 54 milhões de votos. O golpe representa a força do passado na sociedade brasileira. As suas bandeiras são o privilégio de classe, a misoginia, o racismo e a corrupção. Resistir é afirmar os valores da democracia e da justiça social. Por isso seguiremos o seu exemplo: enquanto houver golpe, haverá resistência. Sidney Chalhoub, Professor de História do Brasil, Harvard University.

Claudia Viscardi/ Professora Titular do Departamento de História da UFJF

Durval Muniz de Albuquerque Jr/ Professor Titular da UFRGN

Gizlene Neder/ Professora Titular da UFF

Hebe Mattos/ Professora Titular de História do Brasil da UFF/ Blog Conversa de Historiadoras

Heloísa Starling/ Professora Titular da UFMG

Isabel Lustosa/ Casa de Rui Barbosa

Joana Maria Pedro/ Professora Titular da UFSC

João Fragoso/ Professor Titular da UFRJ

João Reis/ Professor Titular da UFBA // (por e-mail) // Bom dia Sra Presidenta! Me chamo João Reis, sou professor da UFBA, e me encontro no momento em Berlim a pesquisar, escrever, a acompanhar em estado de tensão (mas não desanimado) os acontecimentos recentes no Brasil. Brasil que, visto por grande parte da imprensa internacional relevante, sofreu um golpe de Estado. Presidenta, um dos métodos de trabalho mais usados pelo historiador se assemelha ao de uma investigação policial: começamos com hipóteses (ou “suspeitas”) e vamos aos documentos em busca de provas para confirmá-las ou não. A hipótese que muitos de nós – não apenas nós, é claro! – vínhamos sugerindo há alguns meses era a de que um golpe estava sendo gerado e que culminou com a abertura do processo de seu impedimento naquela lamentável sessão ca Câmara dos Deputados, e chefiado por quem!. Ora, com as gravações desse Sérgio Machado, temos o que chamamos de fonte segura a comprovar a hipótese do golpe, está tudo lá explicadinho. Espera-se a Justiça, cujos métodos de trabalho se assemelham ao dos historiadores, começará, pelo menos, a considerar a hipótese do golpe, avançando na coleta de provas e decidindo de acordo com elas. Um abraço, Sra. Presidenta!

Jurandir Malerba/ Professor no PPGH (Programa de Pós-Graduação em História) da UFRGS

Lilia Schwarcz/ Professora TItular de Antropologia da USP

Luiz Carlos Soares/ Professor Titular de História Moderna e Contemporânea da UFF

Marcus Carvalho/ Professor Titular da UFPE

Martha Abreu/ Professora Titular da UFF/Blog Conversa de Historiadoras

Regina Horta Duarte/ Professora Titular de História do Brasil da UFMG

Tom Gil/ Professor Titular de História da América Latina da UFES

Adriana Facina/Historiadora e Antropóloga do Museu Nacional/UFRJ

Alexandre Moraes/ Departamento de História da UFF

Alexsander Gebara / Professor Associado de História da África da UFF

Américo Freire/ CPDOC/FGV/Rio de Janeiro

Ana Flávia Magalhães Pinto / Doutora em História pela UNICAMP/ Blog Conversa de Historiadoras

Ana Flavia Ramos/ Departamento de História da Universidade Federal de Urbelância

André Honor/ Professor de História da UNB

Andrea Casa Nova Maia/ Professora do Instituto de História da UFRJ

Andréa Lisly/ Departamento de História da UFOP

Anita Almeida/ Departamento de História da UNIRIO

Anita Lucchesi/ Doutoranda Universidade de Luxemburgo

Anna Gicelle Garcia Alaniz/ Doutora em História pela USP

Artur Costa/ Mestrando em História – Universidade Federal de Urbelândia

Beatriz Mamigonian/ Departamento de História da UFSC

Benito Schmidt/ Departamento de História da UFRGS e ex-presidente da ANPUH

Carla Rodeghero/Departamento de História da UFRGS

Carlos Mizael/Professor de História

Caroline Silveira Bauer/ Departamento de História da UFRGS

Cecilia Azevedo/ PPGH da Universidade Federal Fluminense

Célia Tavares/ Faculdade de Formação de Professores da UERJ

Claudio Batalha/Departamento de História da UNICAMP

Cristina Scheibe Wolff/ Departamento de História da UFSC

Denilson Botelho/ Departamento de História da UNIFESP

Du Meinberg Maranhão/ Presidente da Associação Brasileira de História das Religiões

Dulce Pandolfi/CPDOC/FGV/Rio de Janeiro

Fabiane Popinigis/ Departamento de História da UFRRJ

Fernando Nicolazzi/ Departamento de História da UFRGS

Fernando Teixeira da Silva/ Departamento de História da UNICAMP

Flávio Limoncic/ Departamento de História da UNIRIO

Francisco Carlos Palomanes Martinho/ Professor Associado do Departamento de História da USP

George Cabral/ Departamento de História da UFPE

Giovana Xavier/Professora de História (Prática de Ensino) da Faculdade de Educação UFRJ/ Blog Preta Dotara na Primeira Pessoa/ Blog Conversa de Historiadoras

Isabel Guillen/ Departamento de História da UFPE

Iris Kantor/ Departamento de História da USP

Jaime Rodrigues/ Departamento de História UNIFESP

Juarez Silva Jr./ Ativista do Movimento Negro e Mestrando em História Social pela Universidade Federal do Amazonas (nessa ordem)

Juliana Gesuelli Meirelles/ Historiadora e Professora da PUC Campinas

Julio Claudio da Silva/ Departamento de História da UEA

Kátia Gerab Baggio/ Departamento de História na UFMG

Keila Grinberg/ Departamento de História da UNIRIO/Blog Conversa de Historiadoras

Laura Oliveira/ Departamento de História da UFBA

Leandro N. de Souza/ Doutorando em história social pela UFF

Leila Bianchi Aguiar/Departamento de História da UNIRIO

Lise Sedrez/ Professora no Instituto de História da UFRJ

Luís Eduardo de Oliveira/ Professor de História/ IFES Juiz de Fora

Luiz Alberto Grijó/ Departamento de História da UFRGS

Luiz Carlos Villalta/ Departamento de História da UFMG

Manoela Pedroza/ Professora no Instituto de História da UFRJ

Márcia Chuva/ Departamento de História da UNIRIO

Maria Regina Celestino de Almeida/ Departamento de História da UFF

Mariana Muaze/ Departamento de História da UNIRIO

Monica Lima/ Professora de História da África do Instituto de História da UFRJ/ Blog Conversa de Historiadoras

Nancy Assis/ Professora de História da Universidade Estadual da Bahia (UEB)

Paula Vermeersch/ Professora na Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquista Filho (UNESP)

Paulo Cavalcante/ Departamento de História da UNIRIO

Paulo Pinheiro Machado/ Departamento de História da UFSC

Plínio Ferreira Guimarães/ Professor do Instituto Federal do Espírito Santo

Priscila Faulhaber/ Museu da Astronomia e Ciências Afins

Rafael Ioris/ Professor de História Latino-Americana na Universidade de Denver

Renan Siqueira/ Aluno do Programa de Pós-Graduação em História do Rio de Janeiro

Ricardo Salles/ Departamento de História da UNIRIO

Rodrigo Camargo de Godoi/ Estágio de Pós-Doutoramento em História da UNICAMP

Rodrigo De Azevedo Weimer/ Historiador na Fundação de Economia e Estatística do RGS.

Silvia Petersen/ Professora do PPG da UFRGS (por email) / Prezada Hebe/ Quem escreve é Silvia Regina Ferraz Petersen, professora do Departamento de História da UFRGS e ficaria muito agradecida se pudesses incluir meu nome em todas as manifestações de apoio que estás organizando para a Presidenta Dilma, com tantos   colegas historiadores. Esta mulher forte e honesta tem que conhecer o quanto a estimamos e reconhecemos seu trabalho dedicado para a democratização da sociedade brasileira. Este golpe é uma vergonha! Fica Dilma! / Atenciosamente, Silvia Petersen

Tania Bessone/ Departamento de História da UERJ

Tiago Gil/ Departamento de História da UNB

Wagner Teixeira/ Departamento de História da Universidade Federal do Triângulo Mineiro  e Presidente da ANPUH/MG.

Wilton Silva/ Departamento de História/ UNESP/ Campus Assis.

Yuri Soares/ Professor de História da Secretaria de Educação do Distrito Federal

Wlamyra Albuquerque/ Departamento de História da UFBA

Ivana Lima (Casa de Rui Barbosa), com Alvaro Nascimento (UFRRJ), Gabriela Sampaio (UFBA), Lucilene Reginaldo (UNICAMP); Marcelo Balaban (UNB), Maria Clementina Cunha (UNICAMP), Martha Abreu (UFF), Silvia Lara (UNICAMP)// Fora Temer

“A LASA denuncia o atual processo de impeachment em curso no Brasil como antidemocrática e encoraja os seus membros a chamar a atenção do mundo para os precedentes perigosos que este processo estabelece para toda a região. Esta moção foi aprovada pelo comitê executivo da Associação de Estudos Latino Americanos e agora será votado por seus membros em um plebiscito.” Vídeo Midia Ninja com James Green – Universidade de Brown e acadêmicos presentes na LASA, 2016 (Nova York).

Carta de André de Castro de entrega da serigrafia em tela  #Democracia (imagem abaixo) à Presidenta, durante a visita do grupo historiadores pela democracia ao Palácio da Alvorada, em 7 de junho de 2016.

(esta lista será atualizada com as novas ocorrências)

13112879_1036131949757175_8798936138917811862_o (2)

10 Comentários

Arquivado em historiografia, Uncategorized

10 Respostas para “Com a Presidenta, pela democracia!

  1. Maurício Gonçalves Margalho

    Excelentíssima Senhora Presidente de República Dilma Roussef,

    Expresso o meu apoio em defesa do mandato de Vossa Excelência. Os brasileiros e as brasileiras que, como eu, têm apreço pelo Estado Democrático de Direito, estão fazendo feroz oposição ao Golpe de Maio de 2016.
    Atenciosamente,
    Subscrevo-me,
    Maurício Gonçalves Margalho
    Professor de História na Rede Pública do Ensino Básico/RJ.

  2. Vera Queiroz

    Belíssimo, e espero que frutífero, gesto de solidariedade e apoio de nossos historiadores e historiadoras à Presidenta eleita Dilma Roussef e à Democracia, ameaçada por um golpe grotesco contra nosso povo, comandado por parlamentares pouco comprometidos com a ética, ou mesmo com a decência. Deixo aqui minha solidariedade irrestrita a nossa governante, que ela possa retomar seu mandato e exercê-lo até o fim, e junto minha voz à de mais 54 milhões de brasileiros que a elegeram e aguardam seu retorno. Um abraço, Profª Vera Queiroz – UFF/UFC

  3. Excelentíssima Senhora Presidenta da República, Dilma Vana Roussef. Expresso meu apoio à democracia brasileira e, assim sendo, ao seu mandato. Discordamos em diversos aspectos, mas isso não é e não pode ser motivo para o Golpe de Maio de 2016. Lute, como a senhora fez com tanta honra no passado. Reassuma e conduza com grandeza um processo que represente uma nova abolição. Una as forças progressistas, presidenta e vamos ao embate por reformas que já deveríamos ter feito. Respeitosa e afetuosamente,
    Nelson Ricardo da Costa e Silva
    Professor da Rede Pública Municipal de Niterói – RJ
    Professor da Rede Pública Estadual do RJ

  4. Jorgetania da Silva Ferreira

    Olá, bom dia! Muito importante a iniciativa. Sem arrego para os golpistas.
    Ainda é possível inscrever para o encontro com a presidenta? Sou historiadora, professora de Universidade Federal de Uberlândia, presido a Adufu Seção Sindical dos professores de Ufu.

  5. Renata Cesar de Oliveira

    Como faço para enviar um vídeo que fiz? Sou mestre em História pela UERJ e atualmente pesquisadora bolsista em História da Ciência pelo Museu de Astronomia e Ciências Afins
    Renata Cesar de Oliveira –

  6. Pedro Lima Vasconcellos

    Boa tarde, professora. Como não tenho facebook, gostaria de saber como me inserir nessa campanha mais que oportuna, necessária mesmo. Sou Pedro Lima Vasconcellos, professor do Pós em História da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Grato

  7. Pingback: Historiadores pela democracia - A Tal da Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s