A cegueira da TV Globo

Na terça feira gorda de carnaval, pela manhã, terminei de assistir ao desfile da Imperatriz e da Mangueira e continuei com a mesma sensação desagradável da véspera.  A cobertura da TV Globo havia se superado em termos de mediocridade – e desde domingo.  Entrei no facebook e encontrei alguns textos de historiadores que ajudavam a pensar. Paulo Cavalcante foi categórico: “A cobertura da Globo é um atentado contra a cultura brasileira”. Era isso mesmo. Rapidamente coloquei minha raiva no papel e postei no face um texto, denunciando a cegueira da TV Globo.

Não tenho muitos elementos para entender por que os desfiles desse ano foram tão especiais, mas foram.  Vi muita coisa maravilhosa acontecendo nas escolas. Lá estavam ícones religiosos e musicais da cultura afro-brasileira, como os Exus e as pombas giras, divindades africanas, maracatus, sambas de roda, folias de reis e do divino; as inovações de jovens negros diretores da bateria e da harmonia, muitos deles filhos e netos dos fundadores, alas e passistas com lindas coreografias, contando, com muita beleza e orgulho, a história da população negra e brasileira. Até mesmo o Marquês de Sapucaí ficou amigo da Ciata, e logo na Beija Flor! Quem diria!  Aliás, o samba da Beija Flor é imbatível.

Lamentavelmente, a cobertura da Globo não conseguiu ver nada disso, o que revela um impressionante descaso com a cultura popular e com a história da população negra no Rio de Janeiro.  Nenhum comentário  relacionado às comunidades, seus problemas (como UPPs e  intolerância religiosa), suas vitórias, seus  fundadores, lideranças, sambistas, alas e histórias.  As escolas de samba, nas transmissões da TV Globo, não parecem pertencer ao Rio de Janeiro.

E logo nesse ano que estamos comemorando os 100 anos do samba no Rio de Janeiro, ao menos o que foi registrado por Donga e gravado em 1916 pela Odeon. A Globo não tem a mínima ideia das várias iniciativas que estão sendo feitas pelas próprias escolas de samba para registrarem suas memórias, como na Vila Isabel e no Salgueiro, e construírem um acervo que valorize seus projetos educacionais e culturais. A Mangueira reúne hoje o maior centro de documentação sobre o samba, o Centro Cultural Cartola,  e  o Museu do Samba. Vale a visita.

Vida longa às escolas samba!  Elas são uma das mais antigas instituições brasileiras e fazem parte de um dos nossos maiores patrimônios culturais, reconhecidos, pelo IPHAN, em 2007, no Livro de Registro das Formas de Expressão, em nome das matrizes do samba carioca: samba de partido alto, samba enredo e samba de terreiro. Para se saber mais sobre a história desse patrimônio, é fácil o acesso ao dossiê que embasou o reconhecimento oficial.

Apesar da raiva e tristeza, não dá para desanimar. Hoje conhecemos muito mais do que a Globo consegue visualizar.  Jovens pesquisadores de diferentes áreas desenvolvem importantes trabalhos sobre a história das escolas de samba.  Se ainda precisam encontrar maior campo de atuação e visibilidade, a universidade já tem feito muito por isso.  De uma forma complementar, professores de história, como Eric Brasil, também começam a entender que o carnaval não termina na quarta feira de cinzas, com a programação da Globo.  Em seu post no facebook,  recomenda o trabalho em sala com o enredo do Salgueiro, a Opera do Malandro, pois cabe muito bem como recurso à implementação da lei 10639/03. É uma ótima estratégia de combate à intolerância em relação às religiões afro-brasileiras nas escolas.

No dia que publiquei o texto no face, registrei minhas saudades dos tempos em que  Haroldo Costa e  Leci Brandão conseguiam imprimir outros sentidos aos  lamentáveis  comentários da Globo. Hoje posso anunciar com alegria que a TV Brasil cobriu os desfiles das campeãs, com comentários super qualificados, liderados por Nilcemar Nogueira  (neta de D. Zica e Cartola, coordenadora do Centro Cultural Cartola e doutora em Psicologia Social pela UERJ) e Luiz Antonio Simas  (professor de história e autor de vários trabalhos sobre a história do samba).  Além disso, acompanhamos  entrevistas de qualidade com sambistas  e o emocionante momento do “esquenta das escolas”. Novos tempos… espero!

Obs: A TV Globo não televisionou o desfile das campeãs. Inacreditável!

__

Screen Shot 2016-02-14 at 6.46.54 PM

Screen Shot 2016-02-14 at 6.54.29 PMScreen Shot 2016-02-14 at 6.53.13 PM

59 Comentários

Arquivado em cultura negra, história pública, historiografia

59 Respostas para “A cegueira da TV Globo

  1. Andréa

    Compartilho das idéias apresentadas e me veio à lembrança as transmissões da rede manchete com Harold Costa.A transmissão da rede Brasil foi 1 presente para aqueles que apreciam o carnaval.

      • Carmen FRaga

        Olha concordo com 100% que vc colocou aqui. Vi e espalhei para oa meus amigos que na Tv Brasil estava transmitindo ao vivo o desfile das campeãs, Olha que banho! Os comentaristas a maioria eram historiadores, especializados em carnaval,Muito bom mesmo. Fora Globo no carnaval.

    • Teresa Costa

      Concordo, vi a TV Brasil e entendi muito,melhor os enredos ali apresentados. Não gostei nem um pouco da apresentação da Globo.
      Tinha que acabar com esta prioridade de só a Globo transmitir o desfile das Escolas.

  2. Denise Barata

    Oi, Martha. Tudo bem? As escolas de samba não são apenas um espetáculo visual e por isso considero que todos os anos a memória negra brasileira se afirma e se reinventa através delas . E isso independe dos enredos tratarem de exus ou pomba-giras. Falo aqui da música, de melodias, ritmos e vozes. Nelas o passado continua se presentificando. Beijos e saudades.

  3. Muito bom, é verdade a rica história contada pelas escolas de samba e pouco interessa apresentar na rede globo. só querem saber dos artistas que estão ali para aparecer.

  4. Simone Miranda

    Ainda bem que a Globo não transmitiu o Desfile das Campeãs! A TV Brasil, apesar das limitações dos seus equipamentos, transmitiu os Desfiles das Campeãs do início ao fim, perfeitamente!!!!!!

  5. Marlucia M. da Rocha

    Compartilho suas ideias, a Globo precisa colocar pessoal melhor preparado para comentar, a Fátima chegou a afirmar que a pena da cabeça da porta bandeira da Mangueira era sinal de realeza. Nada a ver, ela representava uma iaô, como tal, após feitura, trazia a pena da ecodidé, símbolo da feitura de santo. O outro locutor falou que ela era equedi, guardiã dos Orixás, quando na verdade ela representa uma iaô, enfim….muita bobagem, seria melhor que ficassem calados
    .

  6. Mauricio

    o desfile do sabado das campeãs foi infinitamente melhor que o do sabado e domingo do carnaval, pena que, os sambistas, ou podemos dizer, figurantes de algumas escolas não dão o devido valor a esse desfile, pois acham que só voltam a desfilar se a escola ganhar, acho que esses não possuem o espirito real de componente da comunidade!! assim mesmo, as escolas tradicionais foram em peso, no dia das campeãs, e a transmissão da TV Brasil um marco hiper positivo na mediocridade vista do desfile transmitido pela GROBOSTA, vale ressaltar que algumas escolas desfilaram ao estilo anos 80 bem mais tradicional até com samba mais cadenciado, sem ser aquela correria! Parabéns a TV brasil!

  7. ju

    Oi Martha, então, acho que antes do “descaso” institucional, tem uma formação muito superficial sobre cultura, e é geral. Houve um tempo que a crítica das exposições de artes plásticas eram feitas por jornalistas, e esse era o único meio de crítica e divulgação – o que era péssimo. Porque geralmente encontra-se uma “fórmula” (que vem de outro país) e reproduz ela. – até que se canse.

    em várias partes do mundo acontece carnaval, o nosso modo é único, em cada cidade no Brasil há um jeito exemplar de comemorar essa festa. E somos conhecidos no mundo inteiro por esses modos exemplares.

    Infelizmente as grandes mídias andam à passos de tartaruga quando se trata de acompanhar as demandas, eles encontraram um modo de falar de carnaval, e vão fazê-lo até perceberem que podem ser melhores do que isso. Mas a boa notícia é que nós temos cada dia mais pessoas engajadas, interessadas, e que produzem um ótimo conteúdo, não estamos presos pela globo, e podemos perceber múltiplos olhares sobre essa festa, tal qual ela produz múltiplas formas de se festejar!

    Ainda bem que temos os blogueiros como você

  8. João Carlos Salgado

    Infelizmente as motivaçoēs vão muito alem da cegueira ou falta de interesse e capacidade. Por mais que possa parecer exagero, a imposição da grande mídia, rede Globo á frente da idéia do Brasil como “terra arrasada ” vem sendo vendida ao país há anos, onde nem mesmo o Carnaval deste ano teria dado certo é a prova maior de que os interesses políticos-midiáticos gananciosos não tem limites. A propaganda de um Carnaval bonito, elaborado e com as comunidades felizes e participantes é um contraste com o Brasil que a imprensa tem vendido aos brasileiros. Como diz o jargão, a grande imprensa “foi pro pau” junto á outros grupos conservadores do país. Dane-se a realidade simples das tradicoes do cidadão.o que importa é ganhar á qualquer custo a guerra política e seus escusos interesses. Informação é a base da verdade. Que a cegueira seja só da globo.

  9. paulo cesar

    Queria entender o porque de as próprias escolas de samba não levantarem esses temas citados no texto. Imagine uma Mangueira falando sobre o abuso policial nas incursões ou do descaso do governo com a comunidade. E mais….como tem milhões pra um desfile mas não tem nada pra um projeto social na comunidade? jogo do bicho + tráfico de drogas + politicos mafiosos = festa na avenida.

  10. carmen Lucia

    BN!!!
    Lamentavelmente,para assistir ao desfile tive que recorrer a globo. Um verdadeiro absurdo esse monopólio!!! Quando vamos acabar com isso? Um verdadeiro desprestígio aos trabalho árduo das escolas durante um ano inteiro. Colocaram pessoas para comentar sem nenhum gabarito para isso. Muito triste.
    Em contrapartida fiquei orgulhosa em assistir pela TV Brasil um show de cobertura mesmo com os poucos recursos que detem. Historiadores, carnavalescos conhecedores do que falavam…parabéns!!!
    Todo o meu carinho e respeito pela TV Brasil!!!

    Carmen

  11. alzira

    Parabéns a TV BRASIL.

  12. marcelo

    é só não assistir. reclamam reclamam, mas a TV tá lá ! na globo. É só parar de dar Ibope. A emissora quer eh dinheiro. ..ela não tá preocupada com a cultura…todo mundo já sabe disso….muda de canal…desliga a TV. .
    .vai pra Internet.

  13. Camila Santos

    O desfile das escolas de samba do Rio pela Globo sempre foi um lixo e um descaso com a cultura carioca. Mas a culpa não é da Globo mas sim da LIESA que cede à Globo anualmente todos os direitos de transmissão sacrificando inclusive a transmissão da primeira escola de samba de cada dia para não atrapalhar sua programação. É A LIESA que é a responsável por tudo isso e não faz nada. Saudades da Manchete, a melhor emissora que existiu para o quesito transmissão de carnaval.

  14. Sueli

    Naõ asisti o carnaval pela tv pois acho uma falta de respeito a tv globo jogar toda sua programação e so depois passar o carnaval. o que fiz fui pra outra emisora e risque a tv da minha casa.. Globo ???????????

  15. Paulo Rocha

    Vocês são bem mais novas e, não tiveram a oportunidade de assistir aos desfiles quando transmitidos pela extinta TV Manchete, com a elegante presença de Paulo Stein e os comentários entre outros de Haroldo Costa e Fernando Pamplona, além de cada detalhe mostrado no vídeo, vinha um comentário enriquecendo o tema abordado em determinada ala ou alegoria. Era prazeroso assistir aqueles desfiles. Pior do que a transmissão dos desfiles no Sambódromo do Rio de Janeiro, foi a transmissão dos desfiles das agremiações de São Paulo. E, muito pior, foi a transmissão do desfile das campeãs pela Rede Brasil. Um evento extraordinário como esse merecia mais atenção e profissionalismo. Parabéns pela crônica.

  16. Angelica Mayall

    Martha, como pode uma Tv mostrar de fato um show que as Escolas de Samba nos mostram ,se primeiro, os apresentadores nem tentam ler para conhecer o que vai ser mostrado.Mas o mais sério de tudo isso, é a mediocridade, o vazio mental e a falta de respeito dos apresentadores que ficam conversando, falando blá-blá-blá enquanto a Escola passa, nos impossibilitando de OUVIR as musicas e de ver muitas das apresentações,pois selecionam sem se preocuparem por mostrar todo o trabalho de pesquisa séria e elaboração da tematica.
    Realmente, querem emburrecer os ouvintes.Não dá mais!
    Espero que ano que vem, outra TV ganhe os direitos de transmissão, ou então, que o povo possa escolher qual emissora vai ver, ou seja, que seja abolido o direito exclusivo de transmissão.

  17. rafael

    Ótimo artigo. Parabéns. Mas um detalhe: tenho 40 anos,adoro carnaval, mas não me recordo de quando a tv globo transmitiu o último desfile das Campeãs…..ela ja cedeu a band, ao canal viva e até somente a internet ma globo.com . Mas ela transmitir, abrindo mão de mais um zorra total, serginho groisman e a grade, não me recordo.

  18. Tompson Machado

    Explica-me ” logo na Beija-Flor “, por favor.

  19. Julian Motta

    Oi Martha!!

    O que vimos e ouvimos foi uma amputação da cultura negra carregada e protegida tão fortemente pelas Escolas de Samba, ver as divindades do Panteão Africano na passarela é uma prova de que apesar de tudo, a intolerância religiosa está diminuindo. ver o Malandro tão discriminado no inicio do Século XX na passarela é gratificante, e ver que a cultura apesar de ser amputada pela mídia permanece e está a nosso alcance. Parabéns pelo texto.

  20. Rosária Álvaares

    A Rede Globo não está interessada em cultura e muito menos pelas adversidades sociais do nosso pais, o interesse dela é marcado pelos patrocinadores e estimular o consumo, além de promover os globais nos carros de destaques. Uma anti cultura….alienação total. Porém as escolas ainda se curvam aos comentários dela, uma pena.

  21. É, verdade todos os anos esteve presente e justo este ano deixou a desejar… Esta Globo francamente

  22. Francisco

    Precisamos imediatamente acabar com esta monopólio, monopólio este que ridicularizar um trabalho feito muito suor e profunda pesquisa cultural.

  23. Rixane Rojo

    E eu achei ótimo que nao televisionou! Cheia da mediocridade! Disse tudo o que queria dizer! Gratidão!

  24. Concordo em gênero, número e grau!!!! Acho que, se houve release, não foi sequer lido.

  25. Sueli

    A globo só mostra seus “artistas” e as “modelos” injetadas…Para a globo não existe cultura…

  26. Makson

    Aconselho que assistam à TV e coloquem o som no mudo e então sintonizem-se em uma rádio carioca, principalmente se for pessoal amante do samba como os da radioarquibancada.com. Pois infelizmente não dá para acompanhar à Globo em quase nada, mas transmissão do carnaval do Rio já seria demais. Caótico!

  27. Vera

    Parabéns!! Concordo plenamente com vc!! Uma pena! Um trabalho tão lindo das escolas e praticamente vimos mto pouco ou quase nada no dia do desfile oficial!!

  28. vera lucia lima

    concordo com genero, n° e grau qto ao deseserviço da rede globo…mas nao entendi, qdo a autora menciona ” como os Exus e as pombas giras,”, e nao entendi qual a origem, história/feitos dos citados que deviam ter sido enaltecidos.

  29. Aninha

    Que bom a Globo ter ‘deixado’ outros cobrirem o show das campeãs. Assim pudemos aprender mais sobre o samba com comentadores inteligentes e competentes

  30. Joelson Rocha

    Como alquem patrocina aquilo que a Globo chama de desfiles das escolas do rio. Um absurdo eles brincam com a cultura do Brasil.

  31. glaci ribas

    Com certeza às escolas de samba mostraram de forma digna e rica os ícones da cultura popular. Infelizmente está rica cultura do povo brasileiro e do respeitavel e valoroso pivô de santo e adeptos da Umbanda, religião genuinamente brasileira. Realmente os comentários da Globo forma extremamente fracos diante de tamanha grandiosidade. Ignorância ou preconceito????

  32. Que pena porque teremos que assitir aos outros desfiles de carnaval pela Globosta…. Ela paga muito dinheiro para as escolas para ter o monopolio do carnaval isso deveria acabar. Saudades da Rede Manchete que transmitia um bom desfile com comentarista que entendiam…Valeu Tv Brasil.

  33. A Globo além de cega é manipuladora, bando de safados.Manipulam a política, futebol etc etc.

  34. PEDRO MESSIAS

    Pior do que não.transmitir os,desfiles das,campeãs e a falta de respeito com duas agremiações que abriram os desfiles do grupo especial ESTÁCIO de SÁ no domingo e na segunda VILA ISABEL, pois a emissora cantou a bola antes, depois voltou atrás, e não cumpriu o palavreado, não sei até onde os dirigentes das agremiações prejudicadas tiveram que calar ou se a emissora indenizou os mesmos pelos prejuízos acorrentados, a poderosa LIGA cheia de caciques e poderosos, junto à prefeitura e governo do Rio de Janeiro, também não foram aos órgãos de imprensa, falar da troca de desfiles maravilhosos e ricos culturalmente foram trocados por algumas horas de BBB, onde estão os articuladores do Carnaval, a história não mente, a alguns anos atrás desavenças com o governo,do,Rio de Janeiro, pegava pra um pegava pra todos, mas depois que o visual virou quesito, ora ora pra que mostrar o enredo contando nada mais nada menos a saga de MUGUEL ARRES,e da CAPADOCIA oo SÃO JORGE, e tão cultuado na cidade maravilhosa, uma pena!
    Porém se continuar os mesmos mandos da emissora e da Liga, mais capacete,e gente está combinado que as escolas terão que,cortar uma alegoria, ou seja a história a ser contada, terá uma composição a menos é menos componentes, sendo assim menos tempo de desfile, e assim a emissora, terá mais horas a sua,disposição para, negociar,cotas de patrocínios de outras programações, tenho certeza que os desfiles,das escolas de samba, não terão suas,cotas de patrocínios menores e comunidades estão pensando que massa de manobra é só na política, com certeza não o Carnaval está cheio de manobras, O Estácio colocou o,Guerreiro OGUM e ele iria pra guerra, dizer que estou abrindo o Carnaval é estou aqui desde a DEIXA FALAR, então quero respeito com os 100 anos do SAMBA , sabem o que aconteceu,não apareceu na telinha da Globo, pra ser ver de novo,Foi rebaixada!
    E pasmem a VILA ISABEL, o Sr. MIGUEL ARRAES, tinha preparado um discurso inflamado, aqueles de socialistas que apreciavam os homens de caráter e de coragem, ai acharam melhor tbm deixar isto ora lá, pois isto já era, MARTINHO da VILA, pra que, a nossa onda é BBB, pra nós do mundo do samba, estas três letras eram da época do BOM BONITO BARATO……o povo no Carnaval, pois é não quero que tenhamos que cantar SAMBA agoniza mas não morre, não vamos deixar que a oitava maravilha do mundo vá levando sumiço, na maior cara se pau, hoje está tudo mudado, indiscutivelmente é a era da televisão, mais quem não se comunica se República e FICA NA SAUDADE FICA, abraço, hoje a festa é na avenida, vem deixa o meu povo te levar, aquele abraço!

  35. Airton Cesar

    A TV GLOBO, sempre jogou contra a cultura de nosso povo, principalmente o povo afro-descendente. Será que não podemos fazer nada. Ano que vem deveremos aturar BBB no carnaval?

  36. Gilda Lavínia Dantas

    Gostei do comentário e assino embaixo no que diz respeito ao descaso da Globo pelos aspectos culturais desenvolvidos pelas Escolas de Samba. Pena q a TV Brasil só transmitiu o desfile das campeãs. Valeu a pena!!!!!!

  37. Jane

    Os melhores diretores, profissionais em geral, faleceram,e os outros,foram substituidos,por pessoas “novas,saudáveis, como eles acreditam ser melhor sob diversos aspectos.
    A Globo assim,perdeu toda sua marca e talento que possuía no passado.

  38. Jairo Luiz Maria

    Concordo plenamente como em todo seguimento de nossa sociedade, somos refens do monopolio captalista. Saudade da cobertura da Manchete no carnaval do Rio. Abracos!!!

  39. Fernando Monteiro

    Olá Martha Abreu. Ótima crítica a sua, finalmente um frescor de bom senso. Gostaria de deixar meu desabafo. A Globo não é a dona das agremiações, as escolas de samba pertencem às comunidades, pertencem ao povo. E só para lembrar , o palco do desfile é publico! O Sambódromo é público, não pertence a Globo. A festa, que é feita pelo povo, gera enorme audiência e lucro para TV da família Marinho. Se ela não quer mexer em sua grade por causa de compromissos com anunciantes, que o Poder público casse sua concessão. Tal qual o futebol, a TV Globo está estragando o carnaval. Por causa da maldita exclusividade, ela quer impor regras ou simplesmente ignora o desfile. Como pôde deixar de exibir a primeira escola dos dois dias!? Um dos pontos altos da transmissão do carnaval carioca envolveu LEONEL BRIZOLA, quando em 1984, entregou a transmissão do carnaval para a TV Manchete e mandou A TV GLOBO LAMBER SABÃO, para não dizer outra coisa – sim, essa mesma Globo que boicotou o sambódromo durante todo o ano de 1983 e o carnaval de 1984, porque simplesmente queria o desfile aos seus moldes, para não falar que esse lixo de televisão odiava o Brizola. A Vênus platinada queria, na época, o desfile em apenas um dia para não mexer em sua grade de anunciantes – . A TV Manchete deu um show de transmissão com ótimos narradores e comentaristas e não se perdia nada, e ainda tínhamos a reprise integral durante todo o dia, e assim a Globo caiu do cavalo. A TV Manchete deu uma aula de como se transmitia um evento de tal porte. E a Manchete fez isso porque, na verdade, a televisão é que é o cliente do espetáculo, porque ela ganha dinheiro com a audiência, e não o inverso. A TV Globo tem a obrigação de passar tudo ao vivo, e não se achar dona do evento e mostrar o que bem entender. Televisão é uma concessão pública. Eu sou torcedor de todas as escolas, e é muito decepcionante ter que assistir o desfile de uma escola como a Vila Isabel em uma reprise pela manhã, ainda por cima sem ser por inteiro, às pressas, uma porcaria! Nenhuma escola merece isso, porque o espetáculo que elas colocam na avenida gera lucro à TV Globo. Repito, a Globo já destruiu o futebol e está destruindo o carnaval também. Viva a extinta TV Manchete!!

    Ps: Me desculpe algum erro de português.

  40. Neusa

    Quem tem que relatar o que cada escola apresenta, nos seus enredos são pessoas das comunidas , gente que tem histórias carnavalescas. Tem certeza do que estão falando. Quem estava cobrindo o carnaval da Globo eram pessoas, excelentes nas suas áreas ! Carnaval tem que ser do ramo tem que entender , conviver ! Isso que nem sou de carnaval , e até gosto de olhar e ouvir os comentarios, que antigamente eram verdadeiras aulas de história.

  41. patricia adriana dutra de faria

    Se puder fazer a gentileza de analisar o desfile das escolas de samba de Belo Horizonte/MG, fará o bom favor de contribuir para a divulgação dos trabalhos. Ps: a rede globo mostrou imagens do ano passado, pois, não possuia imagens de 2016.

  42. Teresa Costa

    Concordo. Vi a transmissão das campeãs da TV Brasil e entendi muito melhor os enredos. Acho um absurdo a Globo ter transmissão exclusiva, somos obrigados a ficar vendo mais efeitos visuais com propagandas do que as escolas,

  43. Fatima

    Tambėm percebi a grande e podre diferença entre os comentários na transmissão do carvanaval pela rede globo e a transmissão do desfile das campeãs na TV Brasil com comentaristas que entendem o narram e uma emissora que valoriza quem está assistindo a Televisão.Isso tudo resultado do monopólio ……

  44. Socorro

    Esse texto representa meu pensamento com relação a Globo. E com relação a não transmissão do desfile das campeãs, LAMENTÁVEL. Globo Lixo

  45. Laila Vils

    Parabens pela materia Martha Abreu e pela coragem em torna-la pública.

  46. Pingback: O Carnaval do #ForaTemer | conversa de historiadoras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s